A liderança feminina vem ganhando espaço e valorização no mundo dos negócios. Um estudo sobre diversidade conduzido pela consultoria McKinsey na América Latina revelou que empresas com ao menos uma mulher no quadro de executivos têm 50% mais chance de aumentar a rentabilidade e 22% de crescer a média da margem Ebitda.

O 10º Fórum Internacional de Gestão de Redes de Franquias e Negócios traz a discussão sobre a liderança feminina com o painel “Todo poder a elas”. O evento convidou para a palestra Chieko Aoki, fundadora da Blue Tree Hotels, e Renata Moraes, vice-presidente do Grupo CRM. O painel acontece no dia 2 de outubro, no Teatro Santander.

O Blue Tree Hotels começou a operar em 1997. Em mais de 20 anos de atuação, a bandeira se tornou referência para o mercado hoteleiro pela sua elegância, estilo próprio, inovação e excelência dos serviços, produtos e pessoas. A rede é uma das cinco maiores redes do segmento no país em termos de faturamento.

A liderança da fundadora é diretamente associada ao sucesso da rede. “Chieko usa de seu perfil oriental e feminino para impregnar na rede Blue Tree a paixão por servir, a elegância na condução dos negócios e liderança que exerce em suas equipes. Já recebeu inúmeras premiações e reconhecimentos pela influência e liderança que exerce”, complementa Lyana Bittencourt, diretora executiva do Grupo Bittencourt.

Para Chieko Aoki, as mulheres trazem diferenciais quando atuam na liderança dos negócios. “Nós gostamos de compartilhar ideias, além de unir e incluir vivências para somar com o mercado de trabalho. Muitas mulheres apreciam fazer mentorias e se desenvolver, ou seja, colaboram com a coletividade e assim, uma auxilia à outra. Somos curiosas por natureza, questionamos o ‘por que’ para entender a raiz e as sutilezas dos fatos. Isso faz parte do jeito feminino de não aceitar as coisas como são apresentadas”, explica.

A rede alcançou crescimento de 24,5% no lucro operacional em 2018. A inovação, com foco na cultura de serviços e atendimento ao cliente, é apontada como um dos fatores do sucesso. “A inovação tecnológica facilita e agiliza a viabilizar ações da nossa equipe, além da atuação humana e o bem-cuidar das pessoas. Utilizamos a tecnologia nos sistemas de reservas, segurança, ações preventivas para a melhoria do atendimento, controle das atividades, identificação das preferências dos clientes, avaliação de hospedagem, entre outras funções”, destaca Aoki.

A fundadora da rede acredita que cuidar bem das pessoas seguirá como propósito do Blue Tree Hotels, adaptando-se às transformações tecnológicas. “Nossa vida é mais fácil e prática. Entretanto, cresce o número de pessoas com sintomas de ansiedade, depressão e baixa autoestima. Elas acreditam que a tecnologia irá entregar a felicidade. De fato, pode até provocar a sensação de alegria temporária, mas a ‘felicidade’ vem do fator humano. Acredito que a maneira de cuidar passará por transformações, já que está interligada com as expectativas e costumes humanos, mas, a essência de se sentir amparado, prestigiado e cuidado, não mudará. Desta forma, esperamos que todas as pessoas que passam pelos nossos hotéis, saiam melhores do que quando entraram”, ressalta.

Matéria original publicada em: Portal Eventos

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: