Igual todos os outros setores, a tecnologia aplicada ao Varejo tem se mostrado fundamental para a transformação digital e sobrevivência de muitos negócios. Os hábitos de consumo da população vêm mudando cada dia mais rápido e a todas as iniciativas de inovação influenciam esse cenário. Ao realizar uma compra, seja ela online ou em uma loja física, os consumidores desejam ter uma ótima experiência. Apostar em tecnologia é uma das maneiras de garantir essa excelência e ainda é uma oportunidade para que os varejistas criem novos negócios e, sendo assim, aumentem os lucros.

Uma das tecnologias que tem gerado resultados positivo para o varejo é a integração entre APIs – conjunto de procedimentos ou métodos que possibilitam que um sistema consiga se conectar em outro, seja para receber ou enviar dados.

A LinkApi, é uma startup brasileira que vem se destacando nesse mercado. Com mais de 100 clientes ativos, a plataforma criada por e para desenvolvedores permite que empresas de diferentes perfis desenvolvam, monitorarem e distribuam integrações. De maneira simples, a LinkApi oferece uma plataforma de conexão entre aplicações, sistemas ou softwares, que automatiza e aumenta a eficiência operacional, além de auxiliar na transformação digital dessas empresas. Invisíveis aos usuários comuns, essa Plataforma de Integração como Serviço (IPaaS) proporciona a integração entre sistemas que possuem linguagem totalmente distintas de maneira ágil e segura.

No varejo, dois clientes no ramo de supermercados impulsionaram a transformação digital de seus negócios com a LinkApi. A Coop, cooperativa de consumo com mais de 60 anos de história, por meio da integração entre sistemas oferecido pela startup conseguiu implementar o melhor controle e gestão das 32 unidades que tem distribuídas pelo Estado de São Paulo. Já o Mambo, rede de supermercados com 11 unidades na capital paulista, além de fazer a gestão das lojas físicas com a plataforma de APIs, utiliza a tecnologia para aumentar a eficácia operacional do e-commerce que funciona como um Marketplace – parceiros qualificados podem vender os produtos no Mambo Delivery.

Latam Retail Show

Atenta ao mercado, a LinkApi participará da 5ª edição do Latam Retail Show, um dos maiores eventos de varejo da América Latina, que acontece entre os dias 27 e 29 de agosto. No espaço de 14.000 m², diversos expositores vão exibir as ideias dos seus negócios e tecnologias que impulsionam a transformação digital.

Thiago Lima, CEO e fundador da empresa, destaca a importância da participação. “Estarmos no evento é uma grande oportunidade para apresentar para os participantes como nossa solução de integração entre plataformas pode facilitar a operação das empresas que utilizam diversas plataformas, como por exemplo, os trabalhos que fizemos impulsionando o varejo com clientes como Camisaria Dimona, Coop e Mambo”, destacou o CEO.

O Latam Retail Show 2019 terá como tema principal “A transformação virtuosa do mercado e consumo: última chamada” que tem como objetivo abordar todas as transformações digitais, tecnológicas, comportamentais e econômicas pelas quais o mercado e a forma de consumir vêm passando.

Também apresentaram acréscimo em suas taxas de variação os grupos Transportes (-0,63% para -0,12%), Comunicação (0,02% para 0,15%) e Vestuário (-0,28% para -0,22%). Nestas classes de despesa, as maiores influências partiram dos seguintes itens: gasolina (-2,32% para -0,92%), tarifa de telefone residencial (0,00% para 0,73%) e calçados (-0,54% para 0,06%).

Em contrapartida, apresentaram decréscimo em suas taxas de variação os grupos Educação, Leitura e Recreação (0,20% para -0,25%), Alimentação (0,17% para 0,08%), Saúde e Cuidados Pessoais (0,36% para 0,34%) e Despesas Diversas (0,14% para 0,13%). Nestas classes de despesa, os maiores recuos foram observados nas taxas dos itens passagem aérea (11,40% para -11,16%), hortaliças e legumes (2,01% para -5,32%), artigos de higiene e cuidado pessoal (0,70% para 0,25%) e alimentos para animais domésticos (1,27% para -0,24%).

O Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) variou 0,15% no segundo decêndio de agosto. No mês anterior, este índice registrou elevação de 0,93%. Os três grupos componentes do INCC registraram as seguintes variações na passagem do segundo decêndio de julho para o segundo decêndio de agosto: Materiais e Equipamentos (-0,19% para 0,20%), Serviços (0,14% para 0,27%) e Mão de Obra (1,83% para 0,10%).

Leia a matéria original em: Mirian Gasparin

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: